Objetivos

Obetivos

Compromissos a realizar:

•Formar alunos atuantes de qualquer faixa etária, capacitando profissionais qualificados para expandir o mercado musical em suas várias vertentes, de um lado, pautando-se nas demandas do mercado de trabalho do músico, e de outro, em aspectos da formação de valores que contribuam para uma sociedade mais justa.

•Formar músicos profissionais, respeitosos, responsáveis, sérios e dignos para o exercício da profissão no mercado de trabalho, empenhados em crescer profissionalmente e em contribuir para o crescimento da sociedade, propagando os seus conhecimentos. 

•Formar cidadãos músicos, isto é, profissionais que saibam viver em democracia, também pela experiência de ter estudado na EMB, que possam viver de música e que tenham condições de prosseguir seus estudos em uma universidade.

•Ensinar sempre por meio de caminhos mais curtos no que se refere ao aprendizado musical profissionalizante e humanista, com foco no aluno, na prática musical, integrando disciplinas, ensinando a música com qualidade, estimulando os jovens a gostar, a ter prazer no fazer musical, estimulando sua criatividade, tal que se sintam satisfeitos com os conhecimentos obtidos no curso. 

•Educar os alunos sem maltratá-los, com paciência, sem “depositar” conhecimentos nos alunos, estimulando-os não só a tocar bem seu instrumento, mas também fazendo com que eles se tornem aptos a ensinar profissionalmente. Isto é, formar instrumentistas e professores que possam vir a dar aulas em todas as escolas do DF. 

•Preparar os alunos para o exercício da profissão de músico e de professor de música, incentivando a produção cultural e a organização de eventos. 

•Formar os alunos da EMB tal que sejam excelentes profissionais, oferecendo-lhes oportunidades de participação em apresentações em grupos como coro e orquestra em festivais, tanto aqui quanto no exterior. Ao ensinar, a escola deveria visar uma maneira de aplicar na prática os conhecimentos adquiridos durante o curso.

•Contemplar a sensibilização, a transformação humana, além da profissionalização. A escola deve fomentar valores em meio aos alunos e não somente o conhecimento musical teórico e prático, formando verdadeiros cidadãos, isto é, formando não somente músicos, mas cidadãos do bem. A escola deve conhecer as características fundamentais da cultura musical de Brasília, nas dimensões sociais e materiais, como meio para construir progressivamente a noção de identidade da nossa EMB, identificando os elementos culturais vindos dos alunos.

•Dar oportunidade a todos os que procuram desenvolver a musicalidade, oferecendo-lhes um universo rico em experiências musicais, permitindo-lhes o desenvolvimento sadio da personalidade, preparando-os para o mundo do trabalho. 

•Formar pessoas com conhecimentos consistentes de modo que, concluído o curso básico e o técnico e na medida em que forem sendo requisitadas, saibam aonde buscar os recursos teórico-práticos necessários ao seu aperfeiçoamento e aprimoramento nas técnicas do universo da música, como instrumentistas, compositores, intérpretes da música para diversos públicos, como professores, musicoterapeutas ou ainda como “amantes” da música. Ou seja, considerar também aqueles que sentem necessidade íntima de participar da música, tocando-a como meio de estarem mais perto de si mesmos e poderem se comunicar melhor com o mundo em que vivem, sem necessariamente serem profissionais da música.